quinta-feira, 16 de agosto de 2007

¿Roubo?

Direto de Cochabamba - No centro da cidade, caminhando de volta ao alojamento, percebo uma puxadela em minha mochila. Viro indignado, e dou de cara com um moleque de uns quinze anos que tentava me abrir a sacola com muito pouca cerimônia. Pego no flagra, o menino nao saiu correndo. Levou as maozinhas sujas à cabeça embonezada e gritou repetidas vezes, desesperado: "No te robé nada!" Cerquei-o por uns instantes, mas deixei-o passar.
Ao final, duas canetas no chão e um instantâneo da violência local. Incipiente, mas ainda chega lá (vocês sabem onde). A depender do crescimento urbano desordenado em direçao ao sul da ciudad, em breve a miséria dará seu grito, e nao será de desculpas. Nem estarao as maos vazias.

Um comentário:

alerts disse...

Some of the content is very worthy of my drawing, I like your information!
costume jewelry